domingo, 21 de setembro de 2014

Tinha que ser à bruta

Uma primeira parte de terror . Equipa apática , sem inspiração nem qualidade, aparentemente algo desgastada pelo esforço hercúleo a que foi obrigada, na terça-feira, ainda por cima contra um Moreirense a pressionar fortemente enquanto pôde.

Quando não há inspiração colectiva as equipas campeãs reagem com alma e momentos de inspiração individual. Quando penso que em dois mil e onze, neste blog , critiquei uma eventual contratação de Eliseu nem sei como desculpar-me . O açoriano é competente a defender , inteligente a atacar e tem um "coice" capaz de ganhar jogos. O segundo foi parecido , de raiva e da inspiração de Gaitan e Maxi Pereira.

Não foi grande jogo mas os três pontos já cá cantam e é muito importante ganhar mesmo num dia mau.


4 comentários :

  1. Não tens desculpa! P´rá pira!!

    ResponderEliminar
  2. Benfiquista em casa. Pois olha, se eu ficasse em casa não sei o que seria. Tive que ir pró tasco na segunda parte, porque em casa estava a dar azar.... e não é que resultou?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar do nome do blog, este jogo fui vê-lo ao Estádio.

      Eliminar
  3. desculpa mas não concordo nada com o que dizes do eliseu defensivamente, alias é só ver o golo sofrido, alias ele tirou-nos de uma situação em que ele nos colocou.
    é verdade que ofensivamente não é mau e sobretudo trás à equipa aquilo que ela já não tinha à muito, meia distancia, mas defensivamente é um melgarejo com mais experiência, mais força mas muito menos velocidade.

    ResponderEliminar